Assista um breve vídeo sobre o funcionamento do site. Você pode acessá-lo posteriormente pelo link disponível na página principal.

Fechar

Treponema pallidum

Treponema pallidum

Treponema pallidum é uma bactéria que tem forma de espiral e é causadora da sífilis. Não possui membrana celular e é protegido por um envelope externo com três camadas ricas em moléculas de ácido N-acetilmurâmico e N-acetil glucosamina. Apresenta flagelos que se iniciam na extremidade distal da bactéria e encontram-se junto à camada externa ao longo do eixo longitudinal. Move-se por rotação do corpo em volta desses filamentos.

Patogenia

Sífilis primária

A lesão específica é o cancro duro ou protossifiloma, que surge no local da inoculação aproximadamente após três semanas após a infecção. Geralmente é apenas um cancro e é sempre indolor, não tendo praticamente nenhum sinal de inflamação. Na maioria das vezes se encontra na região genital.

Sífilis secundária

Demonstra-se em lesões na pele e em órgãos internos. Essas lesões aparecem e desaparecem em surtos. As palmas dos pés e das mãos são locais mais frequantes.

Sífilis terciária

Apresenta lesões locais em todo o corpo, desde a pele e as mucosas, até o sistema cardiovascular e nervoso. Podem também atingir ossos, músculos e fígado.

Transmissão

    • Via sexual (sífilis adquirida)
    • Verticalmente (sífilis congênita) pela placenta da mãe para o feto

Outras formas

    • Via indireta (objetos contaminados, tatuagem)
    • Transfusão sanguínea.

Profilaxia

    • Tratamento do paciente e parceiros
    • Utilização de preservativos
    • Conscientização da população

Bibliografia

  • http://www.scielo.br/pdf/abd/v81n2/v81n02a02.pdf

Bactéria Transmissão sexual Transmissão vertical0 comments

Leave a Reply